Relacionamentos abusivos, buzzfeed e como boa parte da minha geração, infelizmente, precisa de incentivos para se informar sobre algo.

Não é preciso me conhecer a fundo para saber que eu tenho uma posição extremamente firme contra a violência doméstica e familiar e busco apoiar projetos e ações que defendam o combate às agressões ou procuro dar suporte emocional para mulheres, filhos ou filhas que sofreram qualquer tipo de violência durante um relacionamento abusivo.

Eu já vi diversas amigas minhas entrarem em um relacionamento abusivo e permanecerem neste relacionamento por não saberem identificar a tempo as características de um namorado(a) abusivo(a). Quando eu sentei com uma amiga minha  a cerca de onze meses atrás para conversar sobre como o relacionamento dela com o seu companheiro não era saudável, já era tarde demais, ela estava emocionalmente dependente dele e achava correta e natural a forma possessiva com que ele a tratava. Eu sei que assuntos como este devem ser abordados da forma mais delicada possível com a vítima, mas mesmo com a minha delicadeza, ela viu a minha conversa como um afronto à relação dela com o seu companheiro, e por consequência disso, ela se afastou de mim.

Em uma época tecnológica, onde a informação se encontra a um click de distância, parece cômico que ninguém se informe sobre nada. Poucos adolescentes e jovens adultos sabem identificar um relacionamento abusivo, pois para você absorver uma informação é necessário ler a respeito, e muitos seres humanos não parecem (e de fato não estão) interessados nisso. Sendo assim, eu defendo uma abordagem dinâmica, moderna, rápida, tecnológica e que promova engajamento entre os “jovens de hoje em dia”, como ferramenta para iniciar a discussão de temas tal qual o abuso infantil, relações abusivas, violência familiar e doméstica, narcisismo familiar, etc.

Felizmente algumas plataformas como o BuzzFeed sabem trabalhar as suas publicações para engajar as atuais gerações que se alimentam constantemente de likes e hashtags, em temas urgentes, promovendo o debate saudável com o auxílio da internet em publicações interativas, coloridas, compartilháveis e instagrameáveis que ajudam a difundir a importância do diálogo.

Disponibilizo aqui, sim, aqui mesmo, pode clicar, um dos famosos “testes do BuzzFeed” produzido pela repórter do BuzzFeed News Brasil, Tatiana Farah, que busca disponibilizar de uma forma interativa as características de um relacionamento abusivo.

– Rejane Leopoldino

Anúncios

2 comentários em “Relacionamentos abusivos, buzzfeed e como boa parte da minha geração, infelizmente, precisa de incentivos para se informar sobre algo.

    1. Ah Miau… infelizmente, muitas vezes elas apenas não querem acreditar que o seu companheiro está sendo abusivo e a partir daí ignoram sinais claros de violência. Eu particularmente acho que a terapia ajuda muitíssimo, quando aliada com as forças mentais necessárias para superar o ocorrido, claro.

      Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s