Fim de semana com sol e um amável gastroenterologista na segunda-feira.

Cansei-me bem no fim de semana, aproveitei o bom tempo que veio com o início da primavera no sábado e fui ao solário tomar um banho de sol, coisa que há tempos não fazia devido ao tempo fechado e frio que se encontrava São Paulo. Inverno terrível. Alguns exercícios físicos que não se enquadram necessariamente …

Continue lendo Fim de semana com sol e um amável gastroenterologista na segunda-feira.

Anúncios

Isso que chamamos de egoísmo – amizades que se tornam tóxicas.

É do fundo do coração que digo isso: não culpe seus amigos por suas frustrações, não despeje palavras de ódio em cima de quem te quer bem. Todos ficamos mal de vez em quando, não seja egoísta de achar que só você tem problemas, dê valor aos amigos que sempre te escutaram quando você estava …

Continue lendo Isso que chamamos de egoísmo – amizades que se tornam tóxicas.

Curto conto de uma noite em um Prostíbulo.

Ele ficava por perto, rondando, sondando, a observando de longe por semanas dentro do prostíbulo sem emitir nenhuma palavra. Todas aquelas trocas de olhares mudos. Claramente obcecado, enciumava-se quando ela subia para os aposentos com outro. Ganhar seu dinheiro. É a vida dela, nada podia fazer a respeito. Nenhuma outra garota o interessava, tinha o …

Continue lendo Curto conto de uma noite em um Prostíbulo.

Algumas 90 janelas para observar.

A previsão do tempo acertou em cheio quando disse que choveria na quinta-feira. Eu que me forçava para tentar dormir antes das duas da manhã acabo desistindo quando ouço a chuva despencando com fortes trovoadas do lado de fora. Resta-me apenas mais uma noite afogada nos próprios devaneios. Sento-me na cama, abro a janela para …

Continue lendo Algumas 90 janelas para observar.

Crise dos textos escritos em plena madrugada. Achei que já os tivesse superado.

Acordar de madrugada se é que acordei, é necessário dormir para acordar e isso ainda não fiz. Em prol da minha saúde fiz um pacto comigo mesma a cerca de um ano atrás onde prometi dormir durante toda a noite, de domingo à quinta-feira a fim de que eu pudesse reservar as sextas e sábados …

Continue lendo Crise dos textos escritos em plena madrugada. Achei que já os tivesse superado.

Só desabafando, nossa… me imaginem revirando o olhos.

Indo para a faculdade ouvi duas estudantes na minha frente discutirem sobre seus atuais relacionamentos, como o namorado de uma é muito ciumento, que não gosta que vista X roupa, que reclama quando ela sai com os amigos sem levá-lo, e como o namorado da outra dá showzinho de ciúme quando ela conversa com um …

Continue lendo Só desabafando, nossa… me imaginem revirando o olhos.

Chaos de la modernité e o amor líquido de Zygmunt Bauman, duas revelações em uma semana conturbada pelas relações sociais.

Refletindo sobre os acontecimentos dessa semana me dei conta de como a internet provoca um mal entendido nas relações sociais. Comecei a me corresponder com uma colega francesa a pouco tempo pelo Instagram e conversamos frequentemente, porém houve um episódio essa semana que estamos chamando de "Chaos de la modernité " (caos da modernidade). Como …

Continue lendo Chaos de la modernité e o amor líquido de Zygmunt Bauman, duas revelações em uma semana conturbada pelas relações sociais.